Minha Terra à Beija-Mar

Atualizado: 27 de Dez de 2018


Eu tenho uma terra

Na qual devo plantar

Todas as belas pinturas

Que quero colher

Nas minhas mãos

Não tenho semente

Eu sou sementes

Meu trabalho é cuidar

Cultivar

Cativar

Desenhar

Meu próprio jardim

Em um cavar

Sem fim

Pra ver brotar

O multiplicar(me)

Sem fim

Aii aiii...

Meu canto...

Às vezes campo

Às vezes (a)mar

Aii aiii...

Agora só saio pra caminhar

En canto

Só pra

Admirar

Ver meu plantio

Enfim

Germinar

Que fim

Brotar

Meu fin

Renascer

A paz

Me mostra em sinal

Da boa terra

E é nessa vasta

Que me aterrisso

Em terreno

Recém descoberto

Fértil

Que habita

Dentro de mim

 textos... 

Nailê Rabelo Atelier

aquarelas|sketches|textos|eventos

Jundiaí - São Paulo - Brasil

11 2434 1922   /    11 9 5302 0252 

  • Facebook
  • Instagram
  • Pinterest

© 2019 por Nailê

  • Facebook
  • Instagram
  • Pinterest